21.6.13

Lugares favoritos.


Enquanto o resto dos meus amigos pintava o rosto com as cores da bandeira, eu escrevia um cartaz que proclamava uma frase do hino nacional. Ao terminar, examinei minha letra com olhos críticos e achei tudo horroroso, como sempre.
- Pelo menos dá pra ler - Marcela me deu uma falsa cotovelada e voltou a pintar o rosto do namorado de azul.